ConsultoriaEmpreendedorismo

O que é Quadro do Modelo de Negócios (QMN)?

o que é quadro do modelo de negócios (qmn)?
TRABALHE NA INTERNET

Ganhe uma renda extra trabalhando pela internet

Descubra como aumentar seus rendimentos realizando tarefas simples no conforto de sua casa. Junte-se a milhares que já estão aproveitando estas oportunidades.

Saiba mais

O Quadro do Modelo de Negócios (QMN) é uma ferramenta visual criada por Alexander Osterwalder para ajudar os empreendedores a descreverem e projetarem seus modelos de negócios. O QMN é dividido em nove blocos que representam as principais áreas do modelo de negócios, como proposta de valor, segmentos de clientes, canais de distribuição, fontes de receita, entre outros.

Significado

O QMN é uma ferramenta utilizada por empresas, startups e empreendedores em fase de planejamento ou redefinição da estratégia de negócios. Ele permite criar um modelo de negócios claro e objetivo ao identificar os principais aspectos que compõem a empresa e sua relação com o mercado e seus clientes.

Exemplos no dia a dia

Alguns exemplos práticos de como o QMN pode ser utilizado incluem:

  • Uma startup de tecnologia que utiliza o QMN para definir sua proposta de valor, identificar os segmentos de clientes mais relevantes, projetar canais de distribuição efetivos, entre outras aplicações práticas;
  • Uma empresa estabelecida que usa o QMN para redefinir sua estratégia de negócio, avaliando novos segmentos de clientes e canais de distribuição para aumentar a eficiência e produtividade;
  • Um empreendedor que utiliza o QMN para planejar o lançamento de um novo produto ou serviço, identificando os principais desafios e oportunidades do mercado.

Os nove blocos do QMN

O QMN é composto por quatro componentes-chave:

  1. Clientes
  2. Oferta
  3. Infraestrutura do negócio
  4. Viabilidade financeira do negócio

Esses quatro componentes são divididos em nove blocos de construção:

  1. Segmentos de clientes: quais grupos sociais estamos atendendo?
  2. Proposta de valor: qual problema estamos resolvendo com nosso produto ou serviço (o valor agregado) e como nos diferenciamos das outras ofertas?
  3. Canais: quais canais iremos utilizar para alcançar nossos segmentos de clientes?
  4. Relacionamento com o cliente: qual será nosso tipo de relacionamento com as clientes?
  5. Fontes de receita: quem está disposto a pagar pelo nosso produto ou serviço? Quais são as fontes de receita para cada segmento de clientes? Temos outros produtos ou serviços derivados que podemos vender?
  6. Recursos principais: quais recursos materiais ou humanos são necessários para o nosso negócio?
  7. Atividades principais: quais são as atividades necessárias para entregar nosso produto ou serviço?
  8. Parcerias principais: quem são nossos parceiros estratégicos que precisamos para realizar nosso serviço ou produto?
  9. Estrutura de custos: quais são os principais custos envolvidos na entrega do nosso serviço?

Estatísticas

Alguns dados relevantes sobre o uso do QMN incluem:

  • Segundo uma pesquisa da Strategyzer, empresas que utilizam o QMN têm duas vezes mais chances de obter sucesso do que aquelas que não usam;
  • O Business Model Canvas, versão original do QMN em inglês, já foi traduzido para mais de 30 idiomas e é utilizado por empresas em todo o mundo.

Aplicação prática

Para aplicar o QMN em sua empresa, é importante seguir alguns passos fundamentais:

  1. Identifique as principais áreas do seu modelo de negócios;
  2. Preencha cada bloco do quadro detalhando as informações principais de cada área;
  3. Avalie constantemente o modelo de negócios, ajustando-o conforme necessário.

Nomes de empresas que usam esse recurso e como usam

Algumas empresas famosas que utilizam o QMN incluem:

  • Netflix: a empresa usa o QMN para projetar novas formas de oferecer conteúdo aos seus assinantes, além de definir uma proposta de valor clara e objetiva;
  • Samsung: a empresa usa o QMN para avaliar novos mercados e segmentos de clientes, além de projetar produtos inovadores que atendam às necessidades do mercado;
  • Airbnb: a empresa usa o QMN para entender as necessidades dos seus usuários e oferecer uma experiência única e personalizada.

Tutoriais e dicas

Algumas dicas importantes para usar o QMN em seu negócio incluem:

  • Seja claro e objetivo ao preencher cada bloco do quadro;
  • Identifique claramente sua proposta de valor e os segmentos de clientes que mais se beneficiam dela;
  • Projete canais de distribuição efetivos e identifique as fontes de receita mais relevantes.

Curiosidades

Aqui estão algumas curiosidades interessantes sobre o QMN e seu uso no mundo dos negócios:

  • Desde que foi criado, o QMN já foi baixado mais de 5 milhões de vezes;
  • O QMN é frequentemente usado por aceleradoras e incubadoras de startups para ajudar os empreendedores a desenvolverem seus modelos de negócio;
  • Algumas empresas famosas, como a Google, utilizam versões adaptadas do QMN em suas próprias estratégias de negócio.

Conclusão

Como vimos ao longo deste artigo, o Quadro do Modelo de Negócios (QMN) é uma ferramenta poderosa para ajudar as empresas a projetarem sua estratégia de negócios de forma clara e objetiva. Ao aplicar o QMN em seu próprio negócio, é possível identificar os principais aspectos do modelo de negócio e projetar soluções efetivas para atender às necessidades dos clientes e do mercado em geral.

Clique aqui para acessar o site do Sebrae e obter mais informações sobre o uso do QMN em sua empresa.

Shares:

Related Posts

10 dicas para ganhar dinheiro como afiliado
Marketing Digital

10 dicas para ganhar dinheiro como afiliado

Você está cansado de trabalhar duro por um salário medíocre? Pronto para assumir o controle de sua renda e criar um futuro financeiro mais gratificante? O marketing de afiliados é sua passagem para a liberdade financeira, permitindo que você ganhe dinheiro online promovendo produtos ou serviços que você acredita. Imagine acordar todos os dias para um fluxo constante de renda passiva, enquanto desfruta da flexibilidade de trabalhar de qualquer lugar do mundo. Com o marketing de afiliados, isso é possível. Não importa se você é um blogueiro experiente, um influenciador de mídia social ou simplesmente alguém com uma paixão por compartilhar informações valiosas, o marketing de afiliados oferece uma oportunidade única de monetizar seu conhecimento e construir um negócio online de sucesso. Veremos aqui algumas dicas uteis! Escolhendo um Nicho O primeiro passo é escolher um nicho que você conheça ou que tenha interesse. Isso ajudará você a se conectar com um público relevante e promover produtos que se alinhem com seus interesses. Considere suas habilidades, hobbies e experiência anterior. Junte-se a Programas de Afiliados Existem inúmeras plataformas e programas de afiliados disponíveis. Pesquise e junte-se a programas que ofereçam produtos ou serviços que você deseja promover. Leia atentamente os termos e condições de cada programa para entender as taxas de comissão, condições de pagamento e quaisquer restrições. Exemplos de Ganhar Dinheiro com Marketing de Afiliados: 1. Promoção de Produtos Digitais: Promova cursos online, e-books, software ou outros produtos digitais relacionados ao seu nicho. Exemplo: promova um e-book sobre dicas de culinária saudável se você tiver um blog sobre receitas. 2. Afiliação de Produtos Físicos: Faça parceria com varejistas online para promover produtos físicos como roupas, eletrônicos ou itens domésticos. Exemplo: junte-se ao programa de afiliados da Amazon para promover uma variedade de produtos. 3. Marketing de Afiliados de Serviços: Promova serviços como hospedagem na web, ferramentas de design gráfico ou serviços de marketing. Exemplo: promova um serviço de hospedagem na web para blogueiros e proprietários de pequenas empresas. 4. Afiliação de Software: Faça parceria com empresas de software para promover ferramentas como software de edição de vídeo, plugins de WordPress ou soluções de CRM. Exemplo: promova um software de edição de vídeo para cineastas e criadores de conteúdo. 5. Afiliação de Viajes: Junte-se a programas de afiliados de companhias aéreas, hotéis ou agências de viagens para promover ofertas de viagens e ganhar comissões sobre reservas. Exemplo: promova voos baratos para destinos populares por meio do programa de afiliados do Skyscanner. 6. Marketing de Afiliados de Cursos Online: