VPSNegócios

16 dicas de segurança para VPS ou Servidor Linux

16 dicas de segurança para vps ou servidor linux
TRABALHE NA INTERNET

Ganhe uma renda extra trabalhando pela internet

Descubra como aumentar seus rendimentos realizando tarefas simples no conforto de sua casa. Junte-se a milhares que já estão aproveitando estas oportunidades.

Saiba mais

A segurança de um servidor VPS é uma preocupação fundamental para proteger seus dados e evitar ataques cibernéticos. Embora o Linux seja conhecido por sua segurança, existem vulnerabilidades que podem ser exploradas por hackers maliciosos. Portanto, é essencial implementar medidas de segurança adequadas e monitorar constantemente o servidor para garantir sua proteção.

Neste artigo, exploraremos a segurança do Linux, identificaremos suas fraquezas comuns e compartilharemos 15 dicas essenciais para proteger seu servidor VPS contra ataques cibernéticos.

Segurança do Linux e Fraquezas Comuns:

Embora o Linux seja considerado um sistema operacional seguro, ele possui algumas vulnerabilidades que podem ser exploradas por invasores. É importante estar ciente dessas ameaças e fraquezas comuns:

Malware: O malware é um software malicioso projetado para danificar sistemas e dados.
Pode assumir várias formas, como cavalos de Troia, ransomware, vírus e spyware.

  • Ataques de sniffers: Hackers podem usar pacotes de sniffers para interceptar e extrair dados de uma rede.
  • Ataques de força bruta: Esse tipo de ataque envolve tentativas repetitivas de adivinhar credenciais de login.
  • Injeção SQL: Hackers exploram o código de um aplicativo da web para obter acesso ao banco de dados do servidor.
  • Cross-Site Scripting (XSS): Nesse tipo de ataque, um hacker injeta código malicioso em um site, explorando vulnerabilidades do lado do cliente.
  • Falta de controle de nível de função: Um servidor pode permitir que usuários gerais tenham privilégios de root devido a uma verificação inadequada de direitos de acesso.
  • Autenticação quebrada: Esse tipo de ataque ocorre quando dados não criptografados, senhas fracas ou tempo limite de sessão mal configurados levam ao roubo de identidade.

Antes de implementar medidas de segurança, é importante entender os elementos que devem ser monitorados no seu servidor VPS:

  • Segurança da hospedagem VPS
  • Software do servidor
  • Conexão SSH
  • Acesso root e logins
  • Senhas e credenciais
  • Firewall
  • Conexão FTP
  • Direitos e privilégios do usuário
  • Registros do servidor

Pesquise a Segurança da Sua Hospedagem na Web:

Ao escolher um provedor de hospedagem, verifique se eles têm uma infraestrutura de segurança robusta e oferecem recursos adicionais de proteção, como mod_security, firewall, proteção PHP Suhosin e proteção PHP open_basedir. Além disso, procure por provedores que ofereçam proteção contra DDoS integrada e backups automatizados.

Altere a Porta SSH Padrão:

A porta SSH padrão (porta 22) é um alvo comum para ataques de força bruta. Recomenda-se alterar a porta SSH para um número não padrão para dificultar os ataques automatizados.

Utilize Chaves SSH em Vez de Senhas:

Em vez de depender apenas de senhas para autenticação SSH, configure a autenticação baseada em chave. Isso envolve a geração de uma chave SSH pública e privada, onde a chave privada é armazenada em seu computador e a chave pública é adicionada ao servidor.

Configure um Firewall:

Um firewall é uma barreira de segurança que filtra o tráfego indesejado. Utilize um firewall para permitir apenas as conexões necessárias e bloquear qualquer tráfego indesejado.

Desabilite o Acesso Root:

O acesso root concede privilégios administrativos completos. Desabilitar o acesso root reduz a superfície de ataque e força os invasores a realizar uma autenticação adicional para obter acesso privilegiado.

Implemente Políticas de Senhas Fortes:

As senhas devem ser complexas, únicas e de comprimento adequado. Incentive os usuários a utilizar senhas fortes e implemente uma política que exija a troca regular de senhas.

Use Criptografia SSL/TLS:

Ao configurar serviços da web, como HTTP, FTP ou e-mail, use SSL/TLS para criptografar a comunicação entre o cliente e o servidor. Isso protege os dados transmitidos contra interceptação.

Monitore os Registros do Servidor:

Os registros do servidor fornecem informações valiosas sobre atividades suspeitas. Configure a coleta de registros e monitore-os regularmente para detectar qualquer atividade maliciosa.

Mantenha seu Software Atualizado:

Manter o software do servidor VPS atualizado é essencial para garantir a segurança. Isso inclui o sistema operacional, aplicativos, bibliotecas e qualquer outra ferramenta instalada. As atualizações corrigem vulnerabilidades conhecidas e melhoram a segurança geral do servidor.

Use uma Conexão VPN para Acessar o Servidor:

Uma VPN (Virtual Private Network) cria uma conexão criptografada entre o seu dispositivo e o servidor, protegendo seus dados contra interceptação. Ao acessar o servidor VPS, utilize uma conexão VPN para garantir a segurança das suas comunicações.

Use Autenticação de Dois Fatores (2FA):

A autenticação de dois fatores adiciona uma camada extra de segurança ao seu servidor VPS. Além do nome de usuário e senha, o 2FA exige um código gerado por um aplicativo autenticador no seu dispositivo móvel.

Faça Backups Regulares:

Realizar backups regulares do seu servidor VPS é fundamental para proteger seus dados em caso de ataques ou falhas no sistema. Armazene os backups em um local seguro e teste sua restauração regularmente.

Monitore o Servidor Regularmente:

Monitore seu servidor VPS continuamente para identificar atividades suspeitas ou tentativas de ataque. Utilize ferramentas de monitoramento para verificar o tráfego, o consumo de recursos e os registros do servidor.

Utilize Ferramentas de Segurança:

Existem várias ferramentas de segurança disponíveis para ajudar a proteger seu servidor VPS. Por exemplo, você pode usar ferramentas de detecção de intrusões, antivírus, scanners de vulnerabilidades e ferramentas de análise de logs.

Tenha um Plano de Resposta a Incidentes:

Mesmo com todas as medidas de segurança, é importante ter um plano de resposta a incidentes em vigor. Isso envolve a criação de procedimentos para lidar com violações de segurança, incluindo a notificação de autoridades competentes, a recuperação de dados e a análise do incidente.

Shares:

Related Posts